1342606
Agitos Mutum - Informando Nova Mutum e Regi�o

CIDADES

Criança de três anos, idosa e outras duas pessoas ficam feridas após incêndio em padaria

Uma criança de três anos e outras três pessoas ficaram feridas após uma padaria, localizada na região central de Nobres (125 km de Cuiabá), pegar fogo nesta quinta-feira (11). A dona do estabelecimento, uma idosa de 61 anos, teve queimaduras de segundo grau na face. Como não existe Corpo de Bombeiros na cidade, moradores e policiais demoraram cerca de uma hora para conter as chamas.

 
De acordo com as informações do site Nortão Notícias, as causas do incêndio ainda são um mistério. A primeira suspeita é que a criança possa ter iniciado o fogo. Na cidade não existe uma unidade do Corpo de Bombeiros, por conta disto, policiais e vizinhos tiveram que combater as chamas. Foram utilizados dois caminhões pipas de uma empresa que presta serviços à prefeitura municipal.
 
Ao todo, ficaram feridos: uma criança de três anos, a dona do estabelecimento, de 61 anos, e dois filhos dela de 22 e 43 anos. Os nomes não foram divulgados. A idosa foi a que se feriu com maior gravidade. Ela teve queimaduras de segundo grau no rosto. Por conta da gravidade do caso, ela deve ser transferida para Cuiabá.
 
Os outros adultos se feriram na ocorrência porque tentaram resgatar alguns pertences do estabelecimento comercial. A casa da dona da padaria ficava no mesmo prédio. Não foi relatado se a residência dela chegou a ser atingida. O valor do prejuízo ainda não foi contabilizado.

CIDADES

Polícia Civil esclarece homicídios tentado e consumado em Lucas do Rio Verde

Dois crimes de homicídio, sendo um na forma tentada e outro consumado, ocorridos nos últimos 2 meses, em Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte) foram esclarecidos pela Polícia Judiciária Civil do município. O suspeito Lucas Costa de Oliveira, 18, o “Manguinha”, acusado de tentativa de homicídio e Evandro Luiz Jahn, 27, autor de homicídio consumado, tiveram mandados de prisão cumpridos após serem identificados em investigações da Polícia Civil.

O suspeito Lucas Costa de Oliveira, 18, conhecido como “Manguinha” foi identificado como autor de uma tentativa de homicídio, ocorrido no dia 12 de dezembro. O acusado portando um arma de fogo, disparou seis vezes contra a vítima, que conseguiu sobreviver aos ferimentos.

Ao ser ouvida na delegacia, a vítima alegou não saber o motivo do crime e disse que estava praticando esportes em uma praça, quando foi atingido por apenas um disparo na região do abdômen. Com a oitiva de testemunhas oculares do crime e outras investigações, foi possível chegar a identificação do suspeito, que teve o mandado de prisão temporária representando pela Polícia Civil e decretado pela Justiça.

Após denúncias de que Lucas estava escondido na cidade de Sorriso, policiais de Lucas do Rio Verde acionaram a Polícia Militar local, que deu cumprimento ao mandado de prisão do suspeito.

Apontado como autor do homicídio ocorrido no dia 23 de janeiro, Evandro Luiz Jahn, 27, o “Alemão”, teve a identidade descoberta pela equipe de investigadores da Delegacia de Lucas do Rio Verde.

O crime aconteceu após uma discussão, que fez com que o suspeito deferisse diversos golpes de arma branca contra a vítima, que chegou a ser socorrida, mas morreu no Hospital Regional de Sorriso. Logo após o crime o suspeito foragiu de Lucas do Rio Verde e após ser identificado teve o mandado de prisão representado pelo delegado Rafael Mendes Scatolon.

Sem ter conhecimento do mandado de prisão em seu desfavor, o acusado se apresentou na Delegacia de Barra do Garças, sendo interrogado pelo delegado Renato Rezendo, que deu cumprimento a ordem judicial contra o suspeito.

GERAL

Energia Elétrica continua na liderança do ranking de reclamações do Procon-MT

Em janeiro deste ano, o Procon Estadual registrou 2.994 atendimentos. Por meio do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) foram 2.354 registros, enquanto que pela ferramenta de atendimento online – www.consumidor.gov.br – foram 640 reclamações em Mato Grosso.

 
 
No Sindec, o setor “Serviços Essenciais” segue em primeiro lugar em número de registros, com 1.225 reclamações. Liderando o setor está a categoria “Energia Elétrica”, com 683 atendimentos, seguido por “Água e Esgoto”, que teve 285 registros. A terceira posição ficou com “Telefonia Celular”, com 172 reclamações.
 
 
Com 373 reclamações, o setor “Assuntos Financeiros” ocupa a segunda posição, registrando 105 procedimentos para a categoria “Banco Comercial”, 103 para “Cartão de Crédito” e 48 para “Cartão de Loja”.
 
 
A área “Produtos” ocupa o terceiro lugar do ranking, com 370 atendimentos: 74 reclamações para a categoria “Telefone” (Convencional, Celular, Interfone, etc.), 40 para “Internet” e 22 para “Combustível Automotivo”.
 
 
Já o setor “Serviços Privados”, com 312 registros, está na quarta posição, com 120 procedimentos para a categoria “TV por Assinatura”, 57 para “Escola” (Pré, 1º, 2º Graus e Superior) e 20 para “Informática” (provedor de acesso à internet).
 
 
Os setores “Saúde” e “Habitação” estão empatados em quinto lugar, registrando 34 reclamações cada. A última posição do ranking é opupada pela categoria “Alimentos”, que teve seis registros.
 
 
Integram o banco de dados do Procon-MT os registros efetuados na sede do órgão e nos postos de atendimento do Ganha Tempo e da Assembleia Legislativa.

POLÍTICA

Nova Mutum: Câmara autoriza repasse para Apae, Orquestra e Conselho de Segurança

CIDADES

Confirmada a grade de Shows da EXPOCLARO 2016

AGRONEGÓCIOS

Suinocultura de baixa emissão de carbono será debatida durante Show Safra BR 163

ÚLTIMAS COBERTURAS ver mais>>>

Show com Anselmo & Rafael

Show com Anselmo & Rafael

RETROSPECTIVA 2015

RETROSPECTIVA 2015

NATAL100SEDE

NATAL100SEDE

Últimos Vídeos

GERAL

Ministério da Saúde confirma terceira morte por Zika em adultos no Brasil

O Ministério da Saúde confirmou hoje (11) a terceira morte provocada pelo vírus Zika em adultos no Brasil. O caso ocorreu em abril de 2015, mas os resultados dos exames saíram só agora. A paciente tinha 20 anos e morava no município de Serrinha, no Rio Grande do Norte.

A primeira morte foi confirmada pelo Instituto Evandro Chagas em novembro de 2015. O homem de 35 anos morava em São Luís no Maranhão e tinha histórico de lúpus, tratamento contínuo com corticosteroides, artrite reumatoide e alcoolismo. O lúpus afeta o sistema imunológico e, por isso, ele não resistiu ao vírus Zika. Ele morreu em junho de 2015. O caso foi encaminhado para o instituto, com sede em Belém, por ser referência nacional em febres hemorrágicas.

O segundo caso de morte, também confirmado em novembro de 2015, foi de uma paciente que morreu em outubro em Benevides (PA). Uma adolescente de 16 anos, com suspeita inicial de dengue, apresentou dor de cabeça, náuseas e pontos vermelhos na pele e mucosas. A coleta de sangue ocorreu sete dias após o início dos sintomas, em 29 de setembro; a paciente, após a infecção pelo vírus Zika, desenvolveu quadro de púrpura trombocitopênica grave e hemorragias.

A maioria dos casos de morte por vírus Zika ocorreu em bebês com microcefalia. De acordo com o último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, no total, foram notificadas 76 mortes após o parto ou durante a gestação. Destas, 15 foram investigadas e confirmadas para microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central e cinco tiveram identificação do vírus Zika no tecido fetal. Há 56 casos ainda em investigação e cinco foram descartados.

O ministério já confirmou 404 casos de microcefalia e/ou outras alterações do sistema nervoso central, dos quais 17 estão relacionados ao vírus Zika. Foram descartados 709 casos e 3.670 casos suspeitos de microcefalia em todo o país estão sendo investigados, o que representa 76,7% das notificações. O boletim refere-se aos casos registrados até 30 de janeiro.

GERAL

Biometria é obrigatória Nova Mutum, quem não atualizar o cadastro terá titulo cancelado, saiba local de cadastramento e documentos necessários.

GERAL

Número de acidentes na BR-163 durante o Carnaval cai 36%

GERAL

Lei Seca reduziu acidentes, mas é preciso pensar em alternativas ao carro

GERAL

Diretora diz que enredo representou Mato Grosso e elogia ala da colheita




.

Agitos Mutum - www.agitosmutum.com.br

Telefones (65) 8449-0982

Email: redacao@agitosmutum.com.br
leandrocampos@agitosmutum.com.br

© Agitos Mutum - Todos os direitos reservados