Nova Mutum

day_122.png
25 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

25 de Julho de 2024

Cidades Sexta-feira, 05 de Julho de 2024, 09:36 - A | A

05 de Julho de 2024, 09h:36 - A | A

Cidades / alerta laranja

Inmet alerta para baixa umidade do ar em MT nesta sexta-feira (5)

No alerta laranja há risco de incêndios florestais e à saúde, além de ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz.

G1/MT



O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta para o risco de baixa umidade do ar em 32 cidades de Mato Grosso, nesta sexta-feira (5). O órgão emitiu um alerta com a classificação ‘laranja’, que representa perigo. O alerta é válido das 13h às 17h desta sexta.

Segundo o instituto, a umidade relativa do ar no alerta laranja, pode variar entre 20% e 12% - números considerados baixos. O Inmet avisou ainda que há risco de incêndios florestais e à saúde, além de ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz.

De acordo com o Inmet, as cidades impactadas são:

Acorizal

Alto Araguaia

Alto Garças

Alto Taquari

Araguainha

Barão de Melgaço

Barra do Garças

Campo Verde

Chapada dos Guimarães

Cuiabá

Dom Aquino

General Carneiro

Guiratinga

Itiquira

Jaciara

Jangada

Juscimeira

Nossa Senhora do Livramento

Pedra Preta

Poconé

Pontal do Araguaia

Ponte Branca

Poxoréu

Primavera do Leste

Ribeirãozinho

Rondonópolis

Santo Antônio do Leverger

São José do Povo

São Pedro da Cipa

Tesouro

Torixoréu

Várzea Grande

Programa oferece cursos profissionalizantes gratuitos para jovens

'Arraiá pet': mais de 30 animais procuram um lar em feira de adoção em Cuiabá

Riscos para a saúde

O ar quente e seco aumenta o risco de incêndios florestais e também afeta a saúde. Idosos e crianças são os que mais sentem os efeitos.

Entre as orientações do Inmet estão:

beber bastante líquido;

evitar desgaste físico nas horas mais secas;

evitar exposição ao sol nas horas mais quentes do dia.

Em caso de emergência ou dúvidas, o morador pode acionar o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193 ou a Defesa Civil pelo 199.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853