Nova Mutum

day_122.png
22 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

22 de Junho de 2024

Economia Sexta-feira, 16 de Dezembro de 2022, 09:31 - A | A

16 de Dezembro de 2022, 09h:31 - A | A

Economia / AGRONEGÓCIO

MT chega no fim do vazio sanitário do algodão e plantio de nova safra é autorizado

A adoção do vazio sanitário é obrigatória para os produtores e é uma medida de controle de insetos-praga.

Bruno Bortolozo, TV Centro América



Mato Grosso chegou, nessa quarta-feira (14), no fim do vazio sanitário do algodão. Agora, o plantio de uma nova safra foi autorizado no estado. A adoção do vazio sanitário é obrigatória para os produtores e é uma medida de controle de insetos-praga.

Nas regiões sul e Vale do Araguaia, a restrição já havia terminado no dia 30 de novembro. Já nas regiões norte e noroeste, a proibição da semeadura terminou na quarta.

Os insetos-praga podem causar perdas na cultura, e um dos mais perigosos é o Bicudo-do-algodoeiro.

Durante o período restritivo de 60 dias, o solo deve ficar livre de plantas vivas de algodoeiro, que poderiam servir de fonte de alimento para o inseto.

Na limpeza, é feita a destruição física ou mecânica das soqueiras e das chamadas plantas tigueras, aquelas que nascem e se desenvolvem livremente, muitas vezes à beira de estradas. Em caso de rebrota, o controle é feito normalmente com aplicação de herbicidas dessecantes.

A estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) é que na próxima safra a área semeada totalize 1 milhão e 177 mil hectares em Mato Grosso e já foram vendidos antecipadamente 51,5% do volume que deverá ser colhido.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853