Nova Mutum

day_122.png
15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

15 de Junho de 2024

GERAL Sexta-feira, 11 de Novembro de 2022, 19:38 - A | A

11 de Novembro de 2022, 19h:38 - A | A

GERAL / PROJETO PIPA

Adolescente apreendido em Nova Mutum deixa internação e promete seguir profissão de barbeiro

Investimentos da atual gestão e parcerias entre setor público e sociedade civil têm sido fundamentais para se chegar a este resultado

Willian Silva | Sesp-MT



Um adolescente em conflito com a lei, que estava internado no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Rondonópolis (213 km de Cuiabá), deixou a unidade e prometeu abrir o seu próprio negócio. Na unidade, ele aprendeu as técnicas de barbearia e corte de cabelo e voltou para casa levando um kit completo de corte de cabelo e barba, além do certificado.

Ele foi apreendido em Nova Mutum (242 km de Cuiabá) e encaminhado ao Sistema Socioeducativo de Rondonópolis em abril deste ano.

O interno foi incentivado, pela equipe de socioeducadores, a participar do Projeto Identidade, Promoção e Autonomia (Pipa), desenvolvido pelos agentes da unidade em parceria com a Vara de Infância de Juventude da Comarca de Rondonópolis.

Em uma das oficinas ofertadas, ele decidiu participar do curso de Barbearia, com 40 horas-aula. O projeto permitiu conhecer a profissão e as técnicas de corte de cabelo e barba. Enquanto cumpria sua medida, o interno continuou treinando sua habilidade, colocando em prática o que havia aprendido, cortando o cabelo de outros internos e de servidores da unidade.

O gestor do Case, Carlos Heliabe destacou que, após sete meses da sua internação, o adolescente ganhou a liberdade e, antes de sair, foi até a equipe de socioeducadores e disse que havia se identificado com a profissão e gostaria de trabalhar no ramo, quando saísse da unidade.

“Ele ficou muito feliz, quando terminou o curso. Diante a dedicação e vontade, doamos um dos kits para que possa investir nesta nova profissão e, assim, evitar que volte a cometer novos atos infracionais”, disse o gestor.   

Parcerias - Os equipamentos utilizados durante o curso foram doados pela juíza da Vara de Infância e Juventude da Comarca de Rondonópolis, Maria das Graças Gomes da Costa. Ao todo, foram doados cinco kits, com máquina de cortar cabelo e barba, pentes, spray de água, avental, três tipos diferentes de tesouras e navalha.

Esta foi a primeira vez, no Sistema Socioeducativo de Mato Grosso, que um interno apresentou tamanha evolução e que, ao voltar para a casa, se viu preparado para iniciar uma nova profissão e abandonar o passado de conflito com a lei.

A secretária-adjunta de Justiça, Lenice Barbosa, reconheceu a iniciativa como o primeiro fruto dos investimentos e da reestruturação do Sistema Socioeducativo, realizados pela atual gestão, que começou por Rondonópolis e chegará a todas as unidades de Mato Grosso.

“Isso demonstra a evolução advinda dos investimentos feitos pela atual gestão na capacitação dos servidores e na nova estrutura da unidade, o que permite realizar esses treinamentos. O curso de barbearia traz um grande potencial para o empreendedorismo dos jovens, um grande atrativo, porque saem da unidade com o equipamento de trabalho”.

Ela destacou ainda que as parcerias com os entes públicos e sociedade organizada do município de Rondonópolis têm papel nesta evolução. “As parcerias entre sociedade civil, Poder Judiciário e Ministério Público são fundamentais, uma vez que este projeto vem trazendo excelentes resultados”, lembrou. 

O Case de Rondonópolis foi a primeira unidade a passar por esta transformação na atual gestão. Anteriormente, os menores cumpriam suas medidas em quartos improvisados, no antigo prédio da primeira delegacia do município, sem condições estruturais para oferta de cursos e treinamentos.

Inaugurado no ano passado e com investimento de R$ 9,1 milhões, a nova estrutura do Case conta quartos mais amplos, campo de futebol e salas de aulas para atividades e projetos, como foi o curso de barbearia, que ganhou um novo profissional.

Seguindo o modelo de Rondonópolis, também estão em construção as unidades de Barra do Garças e Sinop. O investimento nas duas obras será de R$ 27,5 milhões. 

Álbum de fotos

Foto: Case-Roo

Foto: Case-Roo

Foto: Case-Roo

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853