Nova Mutum

day_122.png
21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

21 de Julho de 2024

GERAL Terça-feira, 02 de Julho de 2024, 23:04 - A | A

02 de Julho de 2024, 23h:04 - A | A

GERAL / EMPATE AMARGO

Brasil sai na frente, mas leva empate da Colômbia e encara o Uruguai nas quartas da Copa América

Gazeta Esportiva



Em tarde pouco inspirada no Levi's Stadium, em Santa Clara, o Brasil só empatou com a Colômbia por 1 a 1 e passou às quartas de final da Copa América no segundo lugar do Grupo D. O gol brasileiro foi marcado por Raphinha, ainda no início do primeiro tempo, mas Muñoz deixou tudo igual nos acréscimos da etapa inicial e garantiu a liderança aos colombianos.

Os brasileiros reclamaram de um possível pênalti não marcado no primeiro tempo, em cima de Vinicius Júnior, que, inclusive, levou cartão amarelo e está fora da próxima fase.

O próximo desafio do Brasil nesta Copa América está marcado para este sábado. O time de Dorival Júnior irá encarar o Uruguai, a partir das 22h (de Brasília), em Las Vegas, pelas quartas de final da competição.

A Colômbia, por sua vez, medirá forças contra o Panamá. A partida também acontecerá neste sábado, mas às 19h, em Glendale.

O jogo

O jogo começou quente, bem como o clima na cidade de Santa Clara. Logo aos sete minutos, James Rodríguez quase abriu o placar em uma cobrança de falta venenosa. O meio-campista do São Paulo chutou firme e viu a bola resvalar no travessão antes de se perder pela linha de fundo.

O Brasil não demorou para responder. Aos nove minutos, Raphinha partiu em velocidade pelo lado direito e acionou Bruno Guimarães, que chegou batendo da entrada da área e parou em boa defesa de Vargas.

A Seleção abriu o marcador aos 11 minutos. Raphinha cobrou falta com categoria de perna esquerda e colocou a bola no ângulo, sem chances para Vargas, que viu a bola morrer no fundo das redes.

Os colombianos chegaram a deixar tudo igual aos 18 minutos. James cruzou na área e Sánchez apareceu no meio dos zagueiros brasileiros para completar de cabeça. O tento, porém, foi invalidado por impedimento.

A Colômbia voltou a levar perigo aos 33 minutos, novamente por meio de James Rodríguez. O atleta surpreendeu os brasileiros e cobrou falta pela esquerda direto para o gol, mas Alisson espalmou. James bateu escanteio e, no rebote, Richard Ríos finalizou da entrada da área, mas o goleiro brasileiro fez nova defesa.

O Brasil reclamou de um possível pênalti aos 42 minutos. Vinicius Júnior driblou Muñoz e claramente foi derrubado pelo marcador. O árbitro, porém, não marcou a penalidade e nem foi chamado pelo VAR para rever a jogada, que foi analisada por dois minutos.

A decisão implicou diretamente no que viria acontecer logo em seguida. Aos 47, após boa trama da Colômbia, Muñoz recebeu lindo passe de Córdoba, invadiu a área bateu na saída de Alisson, deixando tudo igual em Santa Clara.

Segundo tempo

Assim como no primeiro tempo, a partida seguiu equilibrada após o intervalo. O Brasil tinha dificuldade de ganhar o meio-campo, mas conseguia levar perigo através de jogadas pelos lados do campo, com Vini Jr, Rodrygo e Raphinha, que quase balançou as redes aos 13 minutos.

Em nova cobrança de falta, o atacante do Barcelona finalizou com muito perigo, tirando tinha da trave defendida por Vargas.

A Seleção, porém, viu a Colômbia tomar conta da partida e não conseguia jogar. A equipe colombiana trocava passes com facilidade, mas não criava chances de perigo. O Brasil, precisando da vitória, só assistia.

Os colombianos desperdiçaram grande chance de virar o jogo aos 38 minutos. Luis Díaz partiu na esquerda e cruzou para Borré, que estava livre de marcação, mas mandou por cima do gol. O Brasil não mostrou forças para marcar um gol e amargurou o segundo lugar do Grupo D.

✅ Clique aqui para seguir o canal do Site Agitos Mutum  no WhatsApp

✅ Clique aqui para participar da nossa Comunidade no WhatsApp

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853