Nova Mutum

day_122.png
18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

18 de Junho de 2024

GERAL Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2022, 14:39 - A | A

14 de Dezembro de 2022, 14h:39 - A | A

GERAL / TURISMO RURAL

Projeto cria plano de desenvolvimento sustentável do turismo para o assentamento rural Pontal do Marapé em Nova Mutum/MT

Projeto beneficiará população local

Aline Coelho/Assessoria



O plano de desenvolvimento sustentável do turismo, focado no assentamento rural Pontal do Marapé em Nova Mutum (240 km de Cuiabá) tem como objetivo a formatação de produtos turísticos e organização de cadeia produtiva no setor. O projeto tem o objetivo de desenvolver o potencial da comunidade, tornando-se uma atração para os visitantes do município, além de ser uma fonte de renda para os assentados.

A iniciativa realizada pela Central das Pequenas Organizações do Estado de Mato Grosso (CORDEMATO), em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDEC), por meio da Secretaria Adjunta de Turismo, e emenda impositiva do deputado estadual, Gilberto Cattani. O trabalho se iniciou com o inventário da oferta turística da localidade, e reuniões de alinhamento com os gestores do setor, no estado e no município.

Foto: Assessoria

 

Em novembro, foram realizados encontros para apresentar o projeto a Superintendente da Seadtur, Aline Campos, e a representantes da Prefeitura Municipal de Nova Mutum, sendo servidores das Secretarias Municipal de Turismo, de Cultura e a de Agricultura, além de profissionais da UNEMAT, Conselho de Turismo (empresários do setor) e do Sebrae.

O gestor do projeto, o turismólogo, Luciano Barros, conta que o município conta com um grande potencial, por ser de rápido traslado a partir da capital, além e já contar com um estruturado turismo de negócios por conta do agronegócio, pontos que serão agregadores no projeto.

Foto: Assessoria

 

“Hoje o Pontal do Marape já recebe demanda turística de excursionistas e turistas que visitam o assentamento em busca de turismo de pesca, turismo rural e ecoturismo visto que a região é rica em atrativos naturais. E o turismo no espaço rural (TER) vem como um produto a mais, pois oferece a possibilidade de conviver com as práticas, as tradições e os valores da sociedade rural valorizando o que é típico”, aponta o turismólogo Luciano Barros.

Os próximos passos do projeto são a estruturação do Plano de Turismo de Marapé, ações de estruturação e capacitação turística, e a formatação de produto turístico e roteirização da visitação.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853