Nova Mutum

day_122.png
24 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

24 de Julho de 2024

GERAL Domingo, 07 de Julho de 2024, 20:47 - A | A

07 de Julho de 2024, 20h:47 - A | A

GERAL / 2 a 1

Vasco vence o Internacional no Beira-Rio e ganha a primeira fora de casa no Brasileirão

Gazeta Press



O Vasco somou os primeiros pontos como visitante neste Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o Gigante da Colina venceu o Internacional por 2 a 1, em Porto Alegre, pela 15ª rodada da competição. O jogo marcou o retorno do Inter ao Beira-Rio após 70 dias. O estádio também sofreu com as enchentes que castigaram o Rio Grande do Sul.

O Gigante da Colina, de uma só vez, acabou com dois jejuns: venceu fora de casa no Brasileirão e quebrou a série de quatro derrotas para o Internacional. Além disso, é claro, ganha moral para a sequência do torneio.

Depois de perder seis jogos como visitante no Brasileirão, o Vasco deu uma resposta e conseguiu os primeiros pontos longe de São Januário. Agora, o Gigante da Colina tem 17 pontos e está na 13ª colocação. Já o Inter, com 19 pontos em 13 partidas, está em décimo lugar.

Na próxima rodada, o Vasco recebe o Corinthians, em São Januário, nesta quarta-feira, às 19h (de Brasília). Já o Internacional tem compromisso pela Copa do Brasil nesta semana e recebe o Juventude, nesta quarta-feira, às 19h (de Brasília), pelo jogo de ida da terceira fase. As duas partidas foram remarcadas em função das enchentes no estado.

O duelo entre Internacional e Vasco

A primeira chance foi do Internacional. Bustos arriscou da entrada da área. A bola saiu à esquerda, com perigo, aos cinco minutos. O Inter novamente assustou aos 18 minutos. Alan Patrick completou cruzamento da direita. Léo Jardim espalmou.

O Vasco sofria para criar. Em raro contra-ataque, aos 38, Bustos foi providencial e desviou a bola para escanteio, impedindo que JP, lançado por Vegetti, finalizasse. No minuto seguinte, na cobrança de escanteio, Renê e Rojas se chocaram pelo alto. A cena foi forte. Renê caiu desacordado, ficou sangrando e deixou o estádio de ambulância, já acordado. Rojas, que também sofreu um corte, continuou no jogo. O primeiro tempo terminou sem gols.

No intervalo, Rafael Paiva tirou Rojas e colocou Lyncon. Aos quatro minutos, Adson colocou Fabrício para trabalhar. O atacante do Vasco chutou da entrada da área. O goleiro do Inter espalmou Aos 10, Alan Patrick recebeu praticamente na meia-lua, limpou e chutou. A bola saiu à direita de Léo Jardim, com muito perigo. Dois minutos depois, Hyoran recebeu na área e bateu cruzado. Ele errou por pouco. A finalização saiu à esquerda.

Rafael Paiva fez mais duas mudanças no Vasco, aos 14 minutos. Ele colocou Praxedes e Erick Marcus. Saíram JP e Rossi, respectivamente. O Gigante da Colina abriu o placar aos 15 minutos. Robert Renan escorregou e perdeu a bola. Adson limpou a marcação e chutou no canto: 1 a 0 no Beira-Rio.

Aos 26, Fabrício abafou Praxedes e salvou o Internacional. Na cobrança de escanteio, o goleiro fez grande defesa em desvio de Vegetti. Contudo, no rebote, Lyncon completou e fez 2 a 0.

O Internacional diminuiu aos 34 minutos. Bustos foi lançado pela direita, ganhou da zaga e fez 2 a 1. Três minutos depois, Gustavo Prado, que havia acabado de entrar, não completou cruzamento como gostaria e perdeu chance para empatar.

Aos 43, Rayan, alteração de Rafael Paiva, chutou cruzado da direita. A zaga do Inter afastou. Aos 48, Robert Renan acertou a trave, após cruzamento da esquerda. O Vasco resistiu à pressão e ficou com a vitória no Beira-Rio.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853