Nova Mutum

day_122.png
24 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

24 de Julho de 2024

Polícia Sábado, 06 de Julho de 2024, 10:31 - A | A

06 de Julho de 2024, 10h:31 - A | A

Polícia / CUIABÁ

'Disciplina' de facção criminosa é preso com R$ 7,3 mil durante operação policial

Da Assessoria



Homem de 25 anos suspeito de comercializar entorpecentes em Cuiabá e integrar uma facção criminosa exercendo a função de “disciplina” foi preso pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (5). A ação realizada para cumprimento de prisão preventiva e de busca e apreensão domiciliar faz parte da Operação “Zona Quente”, que visa mapear e desarticular pontos de tráfico na região metropolitana da Capital.

Além da prisão por força do mandado, o homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, desobediência e direção perigosa de veículo na via pública. Com ele foram apreendidas porções de maconha, Skank e cocaína, cerca de R$ 7,3 mil em dinheiro e um veículo VW Fox.

 

Os policiais civis foram até o endereço do investigado no bairro Jardim Brasil, para cumprir as ordens judiciais. Ao chegar no imóvel não foi visualizado o carro do suspeito, razão pela qual a equipe passou a fazer rondas na região.

Passado certo tempo, os investigadores conseguiram avistar o procurado conduzindo seu automóvel nas proximidades de sua residência, sendo então usado o giroflex e sinais sonoros da viatura para que o mesmo parasse.

O condutor do VW Fox não respeitou os sinais de abordagem e fugiu do local.  O suspeito passou a ser acompanhado pela equipe e só parou o veículo depois de colidir em uma rotatória.

Durante a abordagem foi verificado que o suspeito estava embriagado e fazia uso de tornozeleira eletrônica, mas o equipamento estava desligado. Na bermuda do jovem foi encontrada uma porção de Skank e R$ 1,3 mil em dinheiro.

Em seguida a equipe da DRE foi até o endereço do suspeito, e acompanhada da mãe dele, fizeram buscas na imóvel, onde apreenderam mais porções de maconha, Skank, cocaína e a quantia de R$ 6 mil.

Diante do flagrante e em cumprimento a prisão preventiva, o investigado foi conduzido para DRE, onde foi interrogado pelo delegado André Rigonato. Após a confecção dos autos, o preso foi colocado à disposição da Justiça.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853