Nova Mutum

day_122.png
14 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

14 de Julho de 2024

Polícia Domingo, 23 de Junho de 2024, 10:10 - A | A

23 de Junho de 2024, 10h:10 - A | A

Polícia / NA MADRUGADA

Dois homens são presos suspeitos por violência doméstica contra esposas

Militares do 11º Batalhão atenderam ocorrências distintas nos municípios de Vera e Cláudia; vítimas apresentavam diversos ferimentos pelo corpo

Wellyngton Souza | PMMT



Dois homens suspeitos por violência domésticas foram presos em flagrantes, na madrugada deste domingo (23.06), por policiais militares do 11º Batalhão, nos municípios de Cláudia e Vera (a 568 km e 463 km de Cuiabá, respectivamente). As vítimas foram duramente agredidas pelos denunciados e resgatadas com diversos ferimentos pelo corpo.

Em Cláudia, por volta de 1 hora da manhã, uma mulher de 29 anos acionou os policiais militares após o suspeito chegar na residência bastante agressivo, a acusando de ter um relacionamento extraconjugal.

A mulher relatou que saiu da residência e foi perseguida pelo marido na Rua Hermes da Fonseca, quando passou a ser agredida com socos e chutes. O homem ainda tentou sufocar a esposa apertando seu pescoço.

Ainda segundo a vítima, o suspeito estava com uma faca e a ameaçava de morte. A mulher entrou em luta corporal com o suspeito e correu para casa de um vizinho, onde pediu ajuda.

O homem retornou para residência, buscou o carro e passou a perseguir a vítima pelo bairro. A mulher acionou a Polícia Militar, que rapidamente se deslocou até o endereço dos envolvidos e realizou a prisão do suspeito.

Já por volta das 2h30, no município de Vera, os policiais militares foram acionados para atender a uma ocorrência de violência doméstica no bairro Cohab Vida Nova, na qual uma mulher de 25 anos teria sido agredida pelo marido, de 22 anos.

À PM, a vítima contou que estava em um estabelecimento comercial ingerindo bebida com o suspeito e que, ao retornarem para casa, o homem passou a ficar agressivo por motivo fútil. Assim que chegaram em casa, ele passou a proferir palavras de baixo calão contra a esposa.

Em seguida, o suspeito passou agredi-la e a arremessou ao chão, tentando fazê-la bater a cabeça. A vítima mordeu o marido para tentar se defender e foi jogada contra vasos de plantas.

O homem ainda puxou a esposa pelos cabelos e saiu a arrastando para fora de casa, causando novas lesões nas pernas e braços da vítima. Após as agressões, a mulher acionou os policiais, que também detiveram o suspeito ainda na residência.

Os suspeitos foram encaminhados à delegacia para registro do boletim de ocorrência e demais providências que o caso requer.

Disque-denúncia

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853