Nova Mutum

day_122.png
20 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

20 de Julho de 2024

Polícia Sexta-feira, 28 de Junho de 2024, 15:45 - A | A

28 de Junho de 2024, 15h:45 - A | A

Polícia /

Polícia Civil indicia 16 envolvidos em morte de detento na penitenciária de Água Boa/MT

Vítima teve a morte motivada após boatos de que pertencia a um grupo criminoso rival

Assessoria | Polícia Civil-MT
Água Boa/MT



A Polícia Civil indiciou 16 detentos envolvidos na morte de um reeducando, ocorrida no mês de março deste ano, na Penitenciária Major Zuzi, em Água Boa (730 km a leste de Cuiabá).

O inquérito policial, presidido pelo delegado Danilo Rodrigues da Delegacia de Água Boa, foi encaminhado ao Ministério Público, nesta semana, com o indiciamento dos investigados pelo crime de tortura seguida de morte.

O crime que resultou na morte do detento Gabryel Eduardo de Oliveira da Silva, ocorreu dia 14 de março. No dia dos fatos, a vítima foi cruelmente torturada pelos agressores, chegando a ser socorrida, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

As investigações apontaram que, na ala que os reeducandos estavam, surgiu a informação de que a vítima pertencia a uma facção criminosa rival, o que teria motivado a sua morte.

“Durante as investigações ficou claro que o crime foi decretado pelo fato de a vítima ser considerada de outro grupo criminoso. As agressões tinham a finalidade de causar sofrimento, mas devido à gravidade e quantidade resultaram na morte da vítima”, disse o delegado.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853