Nova Mutum

day_122.png
14 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

14 de Julho de 2024

Polícia Sexta-feira, 28 de Junho de 2024, 09:46 - A | A

28 de Junho de 2024, 09h:46 - A | A

Polícia / SEGURANÇA PÚBLICA

Polícia Militar prende três foragidos da Justiça em cidades de MT

Suspeitos estavam foragidos por crimes de estupro de vulnerável, tentativa de homicídio e violência doméstica

Hallef Oliveira | PMMT



A Polícia Militar realizou a prisão de três homens foragidos da Justiça, nesta quinta-feira (27.06), nas cidades de Santo Antônio do Leverger, Cáceres e Sorriso. Os criminosos estavam foragidos por crimes de estupro de vulnerável, tentativa de homicídio e violência doméstica.

Em Santo Antônio do Leverger, a equipe da 3ª Cia de PM recebeu informações, via setor de inteligência, sobre um homem de 64 anos que estava escondido na cidade e que seria foragido da Justiça. 

Em diligências no município, os policiais localizaram e abordaram o idoso, constatando o mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro de vulnerável, expedido pela Segunda Vara Criminal de Cuiabá. O homem recebeu voz de prisão e foi conduzido para a delegacia de Polícia Judiciária Civil para demais providências.

Em Cáceres, por volta de 13h, policiais militares do 6º Batalhão se deslocaram ao bairro Vila Real, após receberem denúncias sobre a localização de um criminoso procurado pela Justiça. 

No endereço, o homem de 18 anos foi abordado na frente de uma residência. Em checagem, foi identificado o mandado de prisão em aberto pelo crime de tentativa de homicídio. O criminoso foi conduzido para a delegacia local.

No município de Sorriso, militares do 12º Batalhão receberam a informação de um homem de 42 anos que estava sendo procurado pela Justiça pelo crime de violência doméstica. Os policiais foram até o endereço informado na denúncia, encontraram o suspeito e confirmaram o mandado de prisão em seu desfavor.

Diante da situação, o suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido para a delegacia da cidade, ficando à disposição da Polícia Judiciária Civil.

Disque-denúncia   

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853