Nova Mutum

day_122.png
25 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

25 de Julho de 2024

Polícia Sexta-feira, 28 de Junho de 2024, 09:32 - A | A

28 de Junho de 2024, 09h:32 - A | A

Polícia /

Polícia prende traficantes e fecha 'laboratório do tráfico' em Cuiabá

Da Assessoria



Um laboratório do tráfico de drogas foi encontrado e desarticulado, em uma casa, no bairro Jardim Imperial, em Cuiabá, por policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), durante a operação Zona Quente, nesta quinta-feira (27).

No local, os agentes apreenderam grande quantidade de entorpecente, entre maconha, skunk (supermaconha) e haxixe, a ação resultou na prisão em flagrante de dois homens pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As investigações iniciaram após os policiais da DRE receberem informações de que um homem estava enviando drogas embaladas a vácuo para a cidade de Campo Novo do Parecis por meio de uma transportadora.

Com base nas informações, na quarta-feira (26), os policiais monitoraram a região, conseguindo realizar a prisão em flagrante do suspeito em posse de aproximadamente 300 gramas de skunk, no momento em que ele enviava a encomenda para o destinatário.

Após a prisão do suspeito, a equipe policial levantou novas informações sobre uma residência no bairro Jardim Imperial, onde estaria instalado o ponto de distribuição da droga.

Após monitoramento do endereço, os policiais realizaram a abordagem na residência, ocasião em que o morador confessou a existência de material ilícito no interior da casa, apontando o local onde estavam armazenadas as drogas.  

Laboratório

Em buscas na residência foi encontrado um verdadeiro laboratório do crime, sendo apreendidos no local, 7 potes de vidro com skunk, 6 pacotes da mesma substância embalada a vácuo, 9 potes de plástico contendo haxixe, além de 5 balanças de precisão, 116 cigarros eletrônicos, um simulacro de arma de fogo, R$ 2.730 em dinheiro e diversos apetrechos relacionados ao tráfico.

Questionado, o suspeito que estava na residência confirmou a atuação com o comércio de entorpecentes e disse que o homem preso no dia anterior era seu funcionário, responsável por fazer o despacho de drogas.

A ação ocorreu no âmbito da Operação Nárke 2, coordenada pela Diretoria de Operações Integradas e de Inteligência da Senasp/MJSP, que visa integrar as forças de segurança pública na prevenção e repressão qualificada ao tráfico de drogas em todas as unidades da federação.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853