Nova Mutum

day_122.png
21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

21 de Julho de 2024

Política Quarta-feira, 03 de Julho de 2024, 09:01 - A | A

03 de Julho de 2024, 09h:01 - A | A

Política / POLITICA

Parlamentares de Mato Grosso destinam R$ 26,6 em 'emendas pix' para o Estado

Bárbara Sá/GD



Em ano de eleições municipais, os parlamentares de Mato Grosso também movimentaram suas bases no interior com a destinação das chamadas emendas Pix, criticadas pela falta de transparência na prestação de contas. Fora da base do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o senador Jayme Campos (União) foi o parlamentar que mais conseguiu liberar esta modalidade de repasses aos municípios, somando, neste ano, R$ 9,8 milhões para 23 cidades mato-grossenses. Contudo, Nova Monte Verde foi a que mais recebeu recursos, atingindo um montante de R$ 1,6 milhão.

A bancada de Mato Grosso conseguiu, via emendas Pix, um total de R$ 26,6 milhões. Senadores e deputados abastecem as prefeituras, comandadas por aliados, com os valores liberados pelo governo federal.

 

Diferentemente das emendas com finalidade específica, a Pix não há a exigência de apresentação de projetos. Com isso, o gestor a quem foi endereçado o valor tem a liberdade de escolher em qual área aplicar. Também não precisa prestar contas à União, por isso, tem recebido críticas de órgãos de transparência.

O segundo parlamentar que mais conseguiu emendas foi Emanuelzinho (MDB), que é um dos vice-líderes do governo Lula, com um total de aproximadamente R$ 11 milhões distribuídos entre 7 cidades. Coronel Fernanda (PL) destinou cerca de R$ 2, 9 milhões para a mesma quantidade de municípios.

Mesmo na condição de ministro, o senador licenciado Carlos Fávaro (PSD) alocou R$ 2, 3 milhões para uma única cidade, enquanto Coronel Assis (União) enviou R$ 1,5 milhão para duas cidades. José Medeiros e Abilio Brunini, ambos do PL, destinaram cada um R$ 300 mil para uma cidade cada.

Para 2024, conforme o site do Senado Federal, o Congresso reservou R$ 25,1 bilhões para emendas individuais de qualquer tipo, sendo que metade do valor, necessariamente, será destinado à saúde.

Em Mato Grosso, destacam-se também recursos destinados a Cocalinho, enviado por Coronel Fernanda, e a Reserva do Cabaçal, que recebeu recursos de Emanuelzinho. Nova Lacerda e Gaúcha do Norte também foram contempladas, com recursos enviados tanto por Jayme Campos quanto por Coronel Fernanda.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853