Nova Mutum

day_122.png
15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

15 de Junho de 2024

Política Sexta-feira, 18 de Novembro de 2022, 17:06 - A | A

18 de Novembro de 2022, 17h:06 - A | A

Política / HABITAÇÃO

Parlamentares solicitam criação de Programa Habitacional para atender famílias de menor poder aquisitivo

O objetivo do programa é dar atendimento à população de Nova Mutum com renda familiar até R$ 4.400

Elisângela Viana - SECOM/CMNM
Nova Mutum/MT



Com o objetivo de atender a crescente demanda por habitação em Nova Mutum, o plenário da Câmara de Vereadores indicou ao Executivo, a necessidade de criar um Programa de Habitação que vá ao encontro das necessidades da população de baixa renda, compreendendo até a faixa dois do Programa “Casa Verde e Amarela”, do Governo Federal. Ou seja, o objetivo é atender a população com renda familiar de até R$ 4.400 (Quatro mil e quatrocentos reais), no município de Nova Mutum.

A solicitação, com a participação unânime dos parlamentares, considera ainda, que sejam atendidas proporcionalmente as famílias enquadradas em cada faixa e que, em caso de construção de casa os terrenos sejam no mínimo de 250 metros quadrados cada. A indicação também sugere, que a construção residencial atenda o limite mínimo de 32 a 36 metros quadrados, incluindo 06 cômodos, sendo, 02 quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Outro ponto importante sugerido no pedido, e que vale ser destacado, é que seja facultativo ao cliente a parcela de entrada do imóvel.

Ao solicitar a criação do programa, os vereadores defendem que consideraram o atendimento de forma continuada para uma parcela da população menos favorecida, com a possibilidade de que estes conjuntos habitacionais sejam implantados em todas as extremidades do município, permitindo com isso, atender também as empresas e empreendimentos, com a disponibilização de moradias aos funcionários, que ficariam próximos aos seus locais de trabalho.

A proposta defende que o programa deverá atender prioritariamente: mães solteiras, pais solteiros, diaristas, frentistas, trabalhadores braçais da indústria, servente de pedreiro, auxiliar na construção civil, auxiliar de mecânico, manicure, pedicure, domésticas, funcionários de cooperativas e prestadores de serviço. Ou seja, reforçando mais uma vez, que o programa deverá ser voltado as faixas da população menos favorecida.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO NOSSO GRUPO PARA RECEBER VAGAS DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA, NOTÍCIAS E MUITO MAIS!

SIGA OUTRAS NOSSAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM, FACEBOOKTWITTER E YOUTUBE

Comente esta notícia

antanyella 18/11/2022

Mas tem gente que não ganha esse de 4.400 eu preciso muito de uma casa aqui moro 5anos aqui eu nunca ganhei esse valor o que eu ganho é muito pouco principalmente pra quem trabalha na brf

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1
cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853