Nova Mutum

day_122.png
15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

15 de Junho de 2024

GERAL Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2022, 15:50 - A | A

28 de Dezembro de 2022, 15h:50 - A | A

GERAL / GERAL

Quem é o general Júlio César de Arruda, comandante interino para liderar o Exército no governo Lula

O general é o atual Chefe do Departamento de Engenharia e Construção e está no cargo há três anos.

Caroline Mesquita, G1 MT



Nascido em Cuiabá, Júlio César de Arruda, de 63 anos, é o novo comandante do Exército no governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A nomeação foi publicada na edição desta quarta-feira (28) do "Diário Oficial da União", assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

Arruda assume o comando de forma interina a partir desta sexta-feira (30), enquanto que a nomeação definitiva deve ser assinada pelo presidente eleito assim que assumir a Presidência no domingo (1º).

O general possui um extenso currículo com mais de 40 anos de carreira. Além de Júlio César, o ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, definiu os seguintes nomes para compor a equipe:

Marinha: almirante de esquadra Marcos Sampaio Olsen, atual comandante de Operações Navais da Marinha;

Aeronáutica: tenente-brigadeiro do ar Marcelo Kanitz Damasceno, atual chefe do estado-maior da Aeronáutica;

Comandante do Estado-maior das Forças Armadas: almirante de Esquadra Renato Rodrigues de Aguiar Freire, atual chefe do estado-maior da Marinha.

Carreira

Aos 16 anos, Júlio César entrou na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, que fica em Campinas (SP). Se formou dois anos depois e ingressou na Academia Militar das Agulhas Negras. Em 1981 se tornou Aspirante a Oficial da Arma de Engenharia. Durante a vida militar, serviu unidades em Itajubá (MG), Rio de Janeiro, Cuiabá e Brasília.

Quando se tornou tenente-coronel, foi assessor do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República e comandou o 1º Batalhão de Forças Especiais, em Goiânia, no biênio 2005-2006.

Como coronel comandou a Escola de Administração do Exército/Colégio Militar de Salvador entre 2008 e 2010. Realizou vários cursos como o Básico Pára-quedista, Básico de Montanhismo, de Mestre de Salto, de Ações de Comandos, de Forças Especiais e os Estágios Básico e Avançado de Salto Livre.

No exterior, foi Observador Militar da Segunda Missão de Verificação das Nações Unidas (Univem II), em Angola, em 1994 e Assessor da Cooperação Militar Brasileira no Paraguai, no biênio 2002-2003. Realizou o Curso de Contraterrorismo e Cooperação Interagências na Universidade Nacional de Defesa, nos Estados Unidos e o Curso Intensivo de Inglês no Canadá.

O general possui mais de 10 condecorações. Ele é casado e possui duas filhas.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853