Nova Mutum

day_122.png
22 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

22 de Junho de 2024

Polícia Segunda-feira, 21 de Novembro de 2022, 08:55 - A | A

21 de Novembro de 2022, 08h:55 - A | A

Polícia / ESTRANGULADO

Menor de 14 anos mata amigo de 10; menino sumiu na quinta

Yuri Ramires|GD



Ryan Rodrigues de Oliveira, 10, foi encontrado morto na noite de domingo (20), após 3 dias desaparecido em Tangará da Serra (239 km ao médio-norte de Cuiabá). O amigo dele, um menor de 14 anos, confessou que o matou esganado tomado pela raiva ao ser alvo de bullying praticado por Ryan. Polícia investiga.

Conforme as informações, o desaparecimento do menino foi notado na manhã de sexta-feira (18). apurou que a mãe do menino estava em viagem e ele ficou sob os cuidados do padrasto. À polícia, foi informado que ele saiu na quinta-feira (17) e não retornou mais.

O padrasto do menino, que foi detido por abandono de incapaz, contou que na manhã de quinta, quando chegou em casa, não o encontrou mais. Ele foi dormir por volta das 22h e de manhã, ao ir chamar o enteado para ir à aula, ele não o encontrou.

Para ele, o menino teria dormido na casa de um amigo. Mas, ao retornar às 11h30 de sexta, o enteado ainda não havia aparecido. Ele comunicou a cunhada, que também não teria informações sobre o paradeiro da criança. Ryan não costumava sair seu sua permissão.

Morte confirmada

Desde a comunicação do desaparecimento, a polícia estava mobilizada na busca pelo menino. Em diligências, os investigadores encontraram imagens de uma câmera de segurança, onde Ryan aparece no dia 17 na companhia de um amigo.

Neste domingo (20), a polícia foi até o menor, de 14 anos, que confessou ter matado o amigo. Segundo ele, ‘tomado pela raiva’, acabou o matando estrangulado e abandonou o corpo em uma região de mata.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO NOSSO GRUPO PARA RECEBER VAGAS DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA, NOTÍCIAS E MUITO MAIS!

O suspeito disse aos policiais que sofria bullying de Ryan. A versão está sendo investigada. Perícia foi acionada, junto com o Corpo de Bombeiros e Instituto Médico Legal (IML). Corpo passará por exames.

Comente esta notícia

Valéria Rúbia Silva Rosa 21/11/2022

Que mundo estamos vivendo

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1
cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853