Nova Mutum

day_122.png
22 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

22 de Junho de 2024

Polícia Sábado, 24 de Dezembro de 2022, 13:25 - A | A

24 de Dezembro de 2022, 13h:25 - A | A

Polícia / POLÍCIA

Mulher reconhece colega de trabalho durante assalto, após celular dele cair

Vítima, de 27 anos, foi rendida ao sair do banho, amarrada e vendada. Ele se entregou à polícia.

G1/MT



Um rapaz de 22 anos foi preso por tentar assaltar uma colega de trabalho, de 27 anos, em Castanheira, a 780 km de Cuiabá, na madrugada deste sábado (24). Ele se entregou à polícia, depois de ser reconhecido pela vítima ao deixar o celular cair durante o crime.

Ela relatou que tinha chegado em casa, depois de participar da festa de confraternização da empresa, e que, ao sair do banho, ainda de toalha, foi rendida pelo suspeito, que estava armado e usava capuz, luvas e uma caixinha de som para distorcer sua voz e não ser identificado.

O suspeito a amarrou com um cinto, a vendou com o uniforme da empresa e a colocou no sofá. Segundo o depoimento dela, ele estava nervoso e queria levar o carro dela, que tem um dispositivo antifurto – fato conhecido pelo suspeito. Sem a informação para desativar o dispositivo e bastante alterado, ele apontou a arma várias vezes para a cabeça dela.

A mulher conseguiu se soltar e entrou em luta com o suspeito. Neste momento, conforme o registro policial, o celular dele caiu da blusa e ela reconheceu o colega de trabalho. Foi quando começou a gritar e o rapaz fugiu sem o telefone.

Ela voltou à festa, pediu ajuda a amigos e procurou a Polícia Militar para relatar o ocorrido e entregar o aparelho. Logo em seguida, consta no boletim de ocorrência, o suspeito chegou ao local e confessou o crime. A arma usada – uma pistola 9 mm – não foi localizada.

A vítima acredita que ele tenha clonado o controle do portão do imóvel para entrar.

Comente esta notícia

cd0fb6c3112b42f4ac7db47ed2ff7af9_2.png
whatsapp-icon-4.png (65) 9 9280-9853